Curso com Permissão de Trabalho

Escolha seu destino!

Vários destinos permitem que o estudante trabalhe enquanto estuda, como por exemplo Austrália, Canadá, Irlanda e até mesmo Malta.
Porém, cada processo é feito de uma forma diferente e depende das regras da Embaixada do país escolhido.

Austrália

Você pode fazer curso de idioma, profissionalizante ou superior, contanto que tenha a duração maior que 14 semanas.
E você sabia que pode levar um cônjuge? Ele também pode ter a permissão de trabalhar.
*média baseada no ano de 2022

Canadá

O visto de estudos para curso de idiomas não permite que você trabalhe, mas se optar por um College ou Universidade esse cenário muda.

Você pode trabalhar e levar dependentes (filhos e cônjuge) que vão ter acesso à escola e permissão de trabalho também, pois o Canadá busca por mão de obra qualificada e é um país com políticas mais abertas á multiculturalidade.

*média baseada no ano de 2022
*média baseada no ano de 2022

Canadá

O visto de estudos para curso de idiomas não permite que você trabalhe, mas se optar por um College ou Universidade esse cenário muda.

Você pode trabalhar e levar dependentes (filhos e cônjuge) que vão ter acesso à escola e permissão de trabalho também, pois o Canadá busca por mão de obra qualificada e é um país com políticas mais abertas à multiculturalidade.

Irlanda

  O processo é bem simples e é feito no próprio destino, além de ter um excelente custo benefício, pois você pode trabalhar e estudar apenas contratando o curso de idiomas, mas tem uma série de regras, como a duração do curso, seguro obrigatório e teste de proficiência.

*média baseada no ano de 2022

Malta

O visto permite estudo e trabalho, feito no próprio país e tem que ser solicitado com no mínimo 4 semanas de antecedência.Você pode entrar em Malta e ficar até 3 meses sem precisar tirar visto, apenas apresentando na imigração os motivos da viagem, seguro, passagem de ida e volta e certificado de vacinação.

Durante o período de 90 dias você busca um emprego e solicita o visto de permissão de trabalho, que terá o custo de cerca de 70 euros e mais o custo da licença para trabalhar.

*média baseada no ano de 2022
*média baseada no ano de 2022

Malta

O visto permite estudo e trabalho, feito no próprio país e tem que ser solicitado com no mínimo 4 semanas de antecedência.Você pode entrar em Malta e ficar até 3 meses sem precisar tirar visto, apenas apresentando na imigração os motivos da viagem, seguro, passagem de ida e volta e certificado de vacinação.

Durante o período de 90 dias você busca um emprego e solicita o visto de permissão de trabalho, que terá o custo de cerca de 70 euros e mais o custo da licença para trabalhar.

Nova Zelândia

O visto de estudo para curso de idiomas permite que você trabalhe durante o intercâmbio, desde que as escolas estejam dentro de determinadas categorias de qualidade.

Também é possível ter a permissão de trabalhar ao escolher outras opções de estudo como graduação ou pós-graduação e cursos técnicos, por exemplo. Nessas condições é possível levar o cônjuge e família.

*média baseada no ano de 2022

Essas regras podem ser alteradas de acordo com a demanda ou até mesmo desejo das embaixadas, que é soberana! Nós acompanhamos essas regras e passamos tudo atualizado para nossos estudantes, para que eles possam chegar tranquilos e sem surpresas no destino escolhido.

Quer saber mais? Fale com um dos nossos consultores que teremos o prazer de analisar o seu perfil.

Rolar para cima